SHOW DE INGRESSOS – TUDO E MAIS UM POUCO SOBRE EVENTOS


Entrevista ao Portal Startupeando:

Liderada pelo empresário João Kepler e com sede em Maceió-AL, o Show de Ingressos tem mais uma particularidade: foi criado não para atender a uma necessidade do mercado apenas, mas sim para possibilitar uma plataforma para que João e seus sócios vendessem seus próprios eventos. Desde então, criou-se um entorno de serviços e portais, todos eles focados no segmento de eventos e integrados entre si, levando ao mercado inteiro uma solução completa, que no primeiro momento refletia uma carência sentida pelos próprios fundadores.

Startupeando ouviu Kepler para saber mais a respeito dessa startup, bem como sobre os demais planos do ambicioso empresário.


Startupeando – Há diversos sites e sistemas de venda e troca de ingressos, o que diferencia o Show de Ingressos em termos de posicionamento?

João Kepler – Há quatro anos começamos a operar a venda de ingressos online por uma necessidade de vender nossos próprios eventos. Na época testamos vários sites e portais nacionais de vendas online e como não atendiam todas nossas necessidades, decidimos então desenvolver a nossa própria ferramenta. Daí surgiu o embrião do Show de Ingressos, que rapidamente começou a ser utilizado por produtores amigos e parceiros da Região Nordeste, se transformando em uma empresa.

Nos anos seguintes, se deu a ampliação da venda e abrangência nacional do site, que se posicionava como uma tiqueteira no mercado, chegando a faturar R$ 30 milhões em 2010. Acontece que, acompanhando o crescimento, nossos custos aumentaram e margens diminuíram, por questões de logística e operação. Além disso, começamos a atender tiqueteiras, ou seja, emprestavamos nossos sistemas para os concorrentes. Com essa experiência, no início de 2011 decidimos então pivotar o negócio,  passando a se posicionar apenas como plataforma de sistemas.

Hoje o Show de Ingressos não vende diretamente ingressos B2C e opera apenas no B2B, alugando seus sistemas para tiqueteiras e eventos que colocam suas marcas em nossa plataforma, operando como white label (produto ou serviço ofertado por uma empresa e usado sob a marca de outras). Com isso, conseguimos focar no que temos de melhor e deixamos de operar competindo no mercado. Certamente que as margem diminuíram, mas na mesma proporção os custos, aumentando com isso a receita líquida e a escala de forma significativa.

Nosso maior diferencial como plataforma de Internet Ticketing é ser flexível e adaptável a qualquer cliente.  Procuramos atender cada cliente no B2B como único e especial, os sites e os ambientes de vendas deles são exclusivos e cuidadosamente preparados por nossa equipe de desenvolvimento, fazendo desde um novo portal white label completo, hotsites, um simples iframe de vendas para inserir em qualquer site e até uma API de integração do ambiente de pagamento.  Não cobramos pelo desenvolvimento e operamos no modelo “ganha-ganha”, sendo remunerados somente pelas comissões de transações.


Startupeando – Quanto ao modelo de negócios… há alguma novidade? E em termos de seleção dos eventos e espetáculos que constam no site – alguma exigência ou controle?

J.K. – Sim. O grande diferencial de nossa plataforma é a flexibilidade e a total independência do cliente no ambiente B2B. Todo o processo da venda é gerenciável. Qualquer informação pode ser administrada pelo cliente, como lotes, artes, ingressos, limitações, vídeos entre outras características exclusivas de nossos sistemas.

Independente do meio de pagamento escolhido para disponibilizar ao consumidor, tudo cai no mesmo ambiente que é controlado de forma independente pelo cliente.  O cliente decide como, onde e quando quer receber pela venda, que fica disponível para resgate dois dias após a conclusão da compra pelo consumidor. Temos também várias facilidades e diferenciais ao consumidor, que já utilizamos desde o começo da operação, como o fato de ser simples sem ser primário. Por não utilizar carrinho de compras, não é necessário fazer login para comprar. Possui integração e interação com redes sociais e um check outtransparente, com menos cliques, perguntas, formulários e enrolação.


Startupeando – Alguns sites na área de eventos, ingressos e shows têm ganho espaço e público com o ataque a nichos ou regiões específicas – existe no Show de Ingressos alguma orientação do gênero?

J.K. – Sim. Sempre que somos consultados, orientamos nossos clientes a atenderem uma demanda específica ou uma região. Os consumidores estão procurando por isso. Eles preferem comprar de um negócio local ou de um site de um determinado evento ou show.  A vendas nline de eventos estão se concentrando nestes sites locais ou em sites exclusivos de eventos. No mercado nacional, a venda online que concentra o volume  em um determinado site paga muitas vezes taxas de conveniência abusivas ou impeditivas.

Recentemente lançamos no mercado nosso assitente web para organizadores independentes, chamado dewww.CompreAfesta.com.br  trata-se de um modelo fácil que já é bastante comum no mercado internacional e que começa a ganhar conhecimento local e força  principalmente entre os organizadores de pequenas festas que querem uma venda mais imediata, sem nenhuma burocracia.

Lançamos também o produto www.CredencialEventos.com.br que é uma outra plataforma integrada, voltada para o mercado de cursos e eventos educacionais e corporativos, controlando do crachá à venda e até o certificado de maneira online.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s